server.properties

De Minecraft Wiki
Ir para: navegação, pesquisa

"whitelist" redireciona aqui. Para o comando, veja Comandos/whitelist.
O arquivo server.properties padrão para a Edição Java.

server.properties é o arquivo que armazena todas as configurações para um multijogador (Minecraft ou Minecraft Classic) server.

Ao editar server.properties, é importante que a mesma estrutura do original seja usada, embora a ordem das linhas seja arbitrária. O texto antes do sinal de igual é a chave, que não deve ser alterada. O texto após o sinal de igual é o valor da propriedade, que pode ser editado. Linhas que começam com # são comentários - alterar ou remover essas linhas não tem efeito no jogo.

Depois que as alterações forem feitas no arquivo server.properties, o servidor deve ser reiniciado para que tenham efeito. Outra opção é usar o comando /reload no console do servidor ou no jogo, o que também permitirá que as alterações sejam recarregadas.

Se o arquivo server.properties não lista todas as propriedades (como se uma nova versão do servidor adiciona novas propriedades ou se o arquivo não existe), então, na inicialização, o servidor reescreve o arquivo server.properties com as novas propriedades listadas e as define como valores padrão.

O arquivo server.properties é simplesmente um arquivo de texto normal com codificação UTF-8, apesar de sua extensão, e pode, portanto, ser editado com qualquer editor de texto como o Notepad para Windows, TextEdit para Mac ou nano e vim para Linux.

Localização de arquivo[editar | editar código-fonte]

Edição Java[editar | editar código-fonte]

Este arquivo é gerado automaticamente na primeira inicialização do servidor (se ele não existir).

SO Localização de arquivo Notas
Windows Mesmo diretório que server.jar
Linux

Unix Unix/Mac

Caminho do diretório de trabalho (pwd)

Se o reprodutor iniciar a partir de seu diretório inicial (\home\name), os arquivos do servidor serão criados em \ home \ name. Siga estas orientações para garantir que os arquivos do servidor sejam gerados onde o player os espera.

  • Separe um diretório inteiro para todos os arquivos do servidor. (As coisas podem ficar complicadas se o jogador não).
    • O server.jar do jogador deve ser colocado aqui.
  • Use esse script como uma diretriz para configurar um script de inicialização para o servidor no Minecraft.
    • Deve estar no executável do jogador $PATH
    • Certifique-se de adicionar a permissão de execução ao script de inicialização (chmod + x file_name ou use um gerenciador de pastas)
      • minecraft_server.sh

Edição Bedrock[editar | editar código-fonte]

Este arquivo é baixado com bedrock_server.exe

SO Localização de arquivo
Windows Mesmo diretório que bedrock_server.exe
Linux Mesmo diretório que bedrock_server

server.properties[editar | editar código-fonte]

Estas são as configurações padrão para um servidor Minecraft recém-instalado:

Edição Java[editar | editar código-fonte]

#Minecraft server properties
#(last boot timestamp)
enable-jmx-monitoring=false
rcon.port=25575
level-seed=
gamemode=survival
enable-command-block=false
enable-query=false
generator-settings=
level-name=world
motd=A Minecraft Server
query.port=25565
pvp=true
generate-structures=true
difficulty=easy
network-compression-threshold=256
max-tick-time=60000
max-players=20
use-native-transport=true
online-mode=true
enable-status=true
allow-flight=false
broadcast-rcon-to-ops=true
view-distance=10
max-build-height=256
server-ip=
allow-nether=true
server-port=25565
enable-rcon=false
sync-chunk-writes=true
op-permission-level=4
prevent-proxy-connections=false
resource-pack=
entity-broadcast-range-percentage=100
rcon.password=
player-idle-timeout=0
force-gamemode=false
rate-limit=0
hardcore=false
white-list=false
broadcast-console-to-ops=true
spawn-npcs=true
spawn-animals=true
snooper-enabled=true
function-permission-level=2
level-type=default
spawn-monsters=true
enforce-whitelist=false
resource-pack-sha1=
spawn-protection=16
max-world-size=29999984

Default as of 20w28a.

Edição Bedrock[editar | editar código-fonte]

server-name=Dedicated Server
# Used as the server name
# Allowed values: Any string

gamemode=survival
# Sets the game mode for new players.
# Allowed values: "survival", "creative", or "adventure"

difficulty=easy
# Sets the difficulty of the world.
# Allowed values: "peaceful", "easy", "normal", or "hard"

allow-cheats=false
# If true then cheats like commands can be used.
# Allowed values: "true" or "false"

max-players=10
# The maximum number of players that can play on the server.
# Allowed values: Any positive integer

online-mode=true
# If true then all connected players must be authenticated to Xbox Live.
# Clients connecting to remote (non-LAN) servers will always require Xbox Live authentication regardless of this setting.
# If the server accepts connections from the Internet, then it's highly recommended to enable online-mode.
# Allowed values: "true" or "false"

white-list=false
# If true then all connected players must be listed in the separate whitelist.json file.
# Allowed values: "true" or "false"

server-port=19132
# Which IPv4 port the server should listen to.
# Allowed values: Integers in the range [1, 65535]

server-portv6=19133
# Which IPv6 port the server should listen to.
# Allowed values: Integers in the range [1, 65535]

view-distance=32
# The maximum allowed view distance in number of chunks.
# Allowed values: Any positive integer.

tick-distance=4
# The world will be ticked this many chunks away from any player.
# Allowed values: Integers in the range [4, 12]

player-idle-timeout=30
# After a player has idled for this many minutes they will be kicked. If set to 0 then players can idle indefinitely.
# Allowed values: Any non-negative integer.

max-threads=8
# Maximum number of threads the server will try to use. If set to 0 or removed then it will use as many as possible.
# Allowed values: Any positive integer.

level-name=Bedrock level
# Allowed values: Any string

level-seed=
# Use to randomize the world
# Allowed values: Any string

default-player-permission-level=member
# Permission level for new players joining for the first time.
# Allowed values: "visitor", "member", "operator"

texturepack-required=false
# Force clients to use texture packs in the current world
# Allowed values: "true" or "false"

content-log-file-enabled=false
# Enables logging content errors to a file
# Allowed values: "true" or "false"

compression-threshold=1
# Determines the smallest size of raw network payload to compress
# Allowed values: 0-65535

server-authoritative-movement=true
# Enables server authoritative movement. If true, the server will replay local user input on
# the server and send down corrections when the client's position doesn't match the server's.
# Corrections will only happen if correct-player-movement is set to true.

player-movement-score-threshold=20
# The number of incongruent time intervals needed before abnormal behavior is reported.
# Disabled by server-authoritative-movement.

player-movement-distance-threshold=0.3
# The difference between server and client positions that needs to be exceeded before abnormal behavior is detected.
# Disabled by server-authoritative-movement.

player-movement-duration-threshold-in-ms=500
# The duration of time the server and client positions can be out of sync (as defined by player-movement-distance-threshold)
# before the abnormal movement score is incremented. This value is defined in milliseconds.
# Disabled by server-authoritative-movement.

correct-player-movement=false
# If true, the client position will get corrected to the server position if the movement score exceeds the threshold.

Padrão a partir da 1.16.10.

Propriedades do servidor do Minecraft[editar | editar código-fonte]

Edição Java[editar | editar código-fonte]

Chave Tipo Valor padrão Descrição
allow-flight boolean false Permite que os usuários usem o vôo no servidor enquanto no modo Sobrevivência, se eles tiverem uma modificação que forneça o vôo instalado.

Com a permissão de vôo habilitada, os griefers podem se tornar mais comuns, porque torna seu trabalho mais fácil. No modo criativo, isso não tem efeito.

false - Voo não é permitido (jogadores no ar por pelo menos 5 segundos são chutados).
true - O vôo é permitido e usado se o jogador tiver uma modificação de voo instalado.
allow-nether boolean true Permite que os jogadores viajem para o Nether.
false - Portal do Nether não funciona.
true - O servidor permite que os portais enviem jogadores para o Nether.
broadcast-console-to-ops boolean true Send console command outputs to all online operators.
broadcast-rcon-to-ops boolean true Envie as saídas de comando do console rcon para todos os operadores online.
difficulty string easy Define a dificuldade (como dano causado por mobs e a forma como a fome e o veneno afetam os jogadores) do servidor.

Se um número de dificuldade legado for especificado, ele será silenciosamente convertido em um nome de dificuldade.

peaceful (0)
fácil (1)
normal (2)
difícil (3)
enable-command-block boolean false Enables command blocks
enable-jmx-monitoring boolean false Expõe um MBean com o nome de objeto net.minecraft.server:type=Server and two attributes averageTickTime e tickTimes expondo os tempos de tique em milissegundos.

Para habilitar o JMX no Java runtime, você também precisa adicionar alguns sinalizadores JVM à inicialização, conforme documentadohere.

enable-rcon boolean false Enables remote access to the server console.
sync-chunk-writes boolean true Enables synchronous chunk writes.
enable-status boolean true Faz com que o servidor apareça como "online" na lista de servidores.

Se definido como false, ele suprimirá as respostas dos clientes. Isso significa que ele aparecerá como offline, mas ainda aceitará conexões.

enable-query boolean false Ativa o ouvinte do servidor de protocolo GameSpy4. Usado para obter informações sobre o servidor.
entity-broadcast-range-percentage integer (0-500) 100 Controla o quão próximas as entidades precisam estar antes de serem enviadas aos clientes. Valores mais altos significam que eles serão renderizados de mais longe, potencialmente causando mais atraso. Isso é expresso em porcentagem do valor padrão. Por exemplo, definir para 50 tornará a metade do normal. Isso imita a função nas configurações de vídeo do cliente (não muito diferente da Distância de renderização, que o cliente pode personalizar, desde que esteja sob a configuração do servidor).
force-gamemode boolean false Força os jogadores a entrar no modo de jogo padrão.
false - Os jogadores entram no modo de jogo em que deixaram.
true - Os jogadores sempre entram no modo de jogo padrão.
function-permission-level integer (1-4) 2 Define o nível de permissão padrão para funções.

Veja # op-permission-level para os detalhes dos 4 níveis.

gamemode string survival Define o modo de jogabilidade.

Se um número de modo de jogo legado for especificado, ele será silenciosamente convertido em um nome de modo de jogo.

sobrevivência (0)
criativo (1)
aventura (2)
espectador (3)
generate-structures boolean true Define se estruturas (como vilas) podem ser geradas.
false - As estruturas não são geradas em novos blocos.
true - As estruturas são geradas em novos blocos.

Nota: As masmorras ainda são geradas se for definido como false.

generator-settings string blank Alguns exemplos são: minecraft, 404, 1a2b3c. esse formato e escreva a string JSON correspondente. Lembre-se de escapar de tudo : with \:.
hardcore boolean false Se definido para true, a dificuldade do servidor é ignorada e definida como difícil e os jogadores são colocados no modo espectador se morrerem.
level-name string world O valor "level-name" é usado como o nome do mundo e o nome da pasta. O jogador também pode copiar a pasta do jogo salva aqui e alterar o nome para o mesmo da pasta para carregá-la.
Caracteres como '(apóstrofo) podem precisar de escape adicionando uma barra invertida antes deles.
level-seed string blank Sets a world seed for the player's world, as in Singleplayer. The world generates with a random seed if left blank.
Alguns exemplos são: minecraft, 404, 1a2b3c.
level-type string default Determina o tipo de mapa gerado.
default - Mundo padrão com colinas, vales, água, etc.
flat - Um mundo plano sem recursos, pode ser modificado com generator-settings.
largeBiomes - O mesmo que o padrão, mas todos os biomas são maiores.
amplified - Igual ao padrão, mas o limite de altura da geração mundial foi aumentado.
buffet - Apenas para 1,15 ou antes. Igual ao padrão, a menos que generator-settings seja definido.
max-build-height integer 256 A altura máxima permitida para construção. O terreno ainda pode gerar naturalmente acima de um limite de altura baixo. 256 é o máximo possível, mas também deve ser um múltiplo de 8.
max-players integer (0-(2^31 - 1)) 20 O número máximo de jogadores que podem jogar no servidor ao mesmo tempo. Observe que mais jogadores no servidor consomem mais recursos. Observe também que as conexões do op player não devem contar contra os jogadores máximos, mas os ops atualmente não podem entrar em um servidor completo. No entanto, isso pode ser alterado acessando o arquivo chamado ops.json no diretório do servidor do player, abrindo-o, encontrando o op que o player deseja alterar e alterando a configuração chamada bypassesPlayerLimit para true (o padrão é false). Isso significa que aquele op não precisa esperar que um jogador saia para entrar. Valores extremamente grandes para este campo resultam na quebra da lista de usuários do lado do cliente.
max-tick-time
integer (0–(2^63 - 1)) 60000 O número máximo de milissegundos que um único tique pode levar antes que o watchdog do servidor pare o servidor com a mensagem, Um único tique do servidor levou 60,00 segundos (deve ser no máximo 0,05); Considerando que ele está travado, o servidor será encerrado à força. Uma vez que este critério seja atendido, ele chama System.exit (1).
-1 - desabilite o watchdog completamente (esta opção de desabilitar foi adicionada em 14w32a)
max-world-size
integer (1-29999984) 29999984 Isso define o tamanho máximo possível em blocos, expresso como um raio, que a fronteira do mundo pode obter. Definir a borda do mundo maior faz com que os comandos sejam concluídos com sucesso, mas a borda real não se move além do limite do bloco. Definir o tamanho máximo do mundo maior do que o padrão não parece fazer nada.

Exemplos:

  • Definir o tamanho máximo do mundo para 1000 permite que o jogador tenha uma fronteira do mundo de 2000×2000.
  • Definir o tamanho máximo do mundo para 4000 dá ao jogador uma fronteira do mundo de 8000×8000.
motd string A Minecraft Server Essa é a mensagem que aparece na lista de servidores do cliente, abaixo do nome.
  • O MOTD suporta códigos de cor e formatação.
  • O MOTD suporta caracteres especiais, como "♥". No entanto, esses caracteres devem ser convertidos para a forma Unicode de escape. Um conversor online pode ser encontrado aqui.
  • Se o MOTD tiver mais de 59 caracteres, a lista de servidores pode relatar um erro de comunicação.
network-compression-threshold
integer 256 Por padrão, ele permite que os pacotes com n-1 bytes de tamanho vão normalmente, mas um pacote de n bytes ou mais é compactado. Portanto, um número menor significa mais compactação, mas compactar pequenas quantidades de bytes pode resultar em um resultado maior do que o que foi inserido.
-1 - desabilite a compressão completamente
0 - comprimir tudo

Nota: A especificação Ethernet exige que os pacotes com menos de 64 bytes sejam preenchidos com 64 bytes. Portanto, definir um valor inferior a 64 pode não ser benéfico. Também não é recomendado exceder o MTU, normalmente 1500 bytes.

online-mode boolean true O servidor verifica a conexão dos jogadores com o banco de dados de contas do Minecraft. Defina como false apenas se o servidor do jogador não estiver conectado à Internet. Hackers com contas falsas podem se conectar se isso for definido como false! Se minecraft.net estiver inativo ou inacessível, nenhum jogador poderá se conectar se estiver definido como true, permitindo que jogadores com cópias não licenciadas/piratas de Minecraft entrem.
true - Ativado. O servidor presume que tem uma conexão com a Internet e verifica todos os jogadores conectados.
false - Desativado. O servidor não tenta verificar os jogadores conectados.
op-permission-level integer (1-4) 4 Define o nível de permissão padrão para ops ao usar /op. Todos os níveis herdam habilidades e comandos dos níveis anteriores.
1 - Ops pode ignorar a proteção de geração.
2 - Ops can use all singleplayer cheats commands (except /publish, as it is not on servers; along with /debug) and use command blocks. Command blocks, along with Realms owners/operators, tem as mesmas permissões que este nível.
3 - O Ops pode usar a maioria dos comandos exclusivos para vários jogadores, incluindo /debug, e comandos que gerenciam jogadores (/ban, /op, etc).
4 -Ops pode usar todos os comandos, incluindo /stop, /save-all, /save-on e /save-off.
player-idle-timeout integer 0 Se diferente de zero, os jogadores são expulsos do servidor se ficarem inativos por mais de alguns minutos.
Nota: O tempo ocioso é redefinido quando o servidor recebe um dos seguintes pacotes:
prevent-proxy-connections boolean false Se o ISP/AS enviado do servidor for diferente do servidor de autenticação da Mojang, o jogador é chutado
true - Ativado. O servidor impede que os usuários usem vpns ou proxies.
false - Desativado. O servidor não impede que os usuários usem vpns ou proxies.
pvp boolean true Habilite o PvP no servidor. Jogadores atirando em si mesmos com flechas recebem dano apenas se o PvP estiver ativado.
true - Os jogadores podem matar uns aos outros.
false - Os jogadores não podem matar outros jogadores (também conhecido como Jogador versus ambiente (PvE)).

Nota: Fontes de dano indireto geradas por jogadores (como lava, fogo, dinamite e até certo ponto água, areia e cascalho) ainda causam dano a outros jogadores.

query.port integer (1-(2^16 - 2)) 25565 Define a porta para o servidor de consulta (veja enable-query).
rate-limit integer 0 Define a quantidade máxima de pacotes que um usuário pode enviar antes de ser chutado. Definir como 0 desativa este recurso.
rcon.password string blank Define a senha para RCON: um protocolo de console remoto que pode permitir que outros aplicativos se conectem e interajam com um servidor Minecraft pela Internet.
rcon.port integer (1-(2^16 - 2)) 25575 Define a porta de rede RCON.
resource-pack string blank URI opcional para um pacote de recursos. O jogador pode optar por usá-lo.

Observe que (em algumas versões anteriores a 1.15.2), os caracteres ":" e "=" precisam ser escapados com uma barra invertida (\), por exemplo, http\://somedomain.com/somepack.zip?someparam\=somevalue

O pacote de recursos não pode ter um tamanho de arquivo maior do que 100 MiB (antes de 1.15: 50 MiB (≈ 50,4 MB)). Observe que o sucesso ou a falha do download é registrado pelo cliente e não pelo servidor.

resource-pack-sha1
string blank SHA-1 opcional do pacote de recursos, em hexadecimal minúsculo. É recomendável especificar isso, pois é usado para verificar a integridade do pacote de recursos.

Nota: Se o pacote de recursos for diferente, uma mensagem amarela "Sha1 inválido para resource-pack-sha1" aparecerá no console quando o servidor for iniciado. Devido à natureza das funções hash, os erros têm uma pequena probabilidade de ocorrer, portanto, essa consequência não tem efeito.

require-resource-pack boolean false Quando esta opção está habilitada (definida como true), os jogadores serão solicitados a responder e serão desconectados se recusarem o pacote necessário.
server-ip string blank O jogador deve definir isso se quiser que o servidor se vincule a um determinado IP. É altamente recomendável que o jogador deixe o ip do servidor em branco.
Defina como em branco ou o IP que o jogador deseja que seu servidor execute.
server-port integer (1-(2^16 - 2)) 25565 Altera a porta na qual o servidor está hospedando (escutando). Esta porta deve ser aberta se o servidor estiver hospedado em uma rede usando NAT (se o jogador tiver um roteador/firewall doméstico).
snooper-enabled boolean true Define se o servidor envia dados de snoop regularmente para http://snoop.minecraft.net.
false - disable snooping.
true - enable snooping.
spawn-animals boolean true Determina se animais podem ser gerados.
true - Os animais geram normalmente.
false - Os animais desaparecem imediatamente.

Se o jogador tiver grande lag, é recomendado desligar/definir como false.

spawn-monsters boolean true Determina se os monstros podem ser gerados.
true - Ativado. Monstros aparecem à noite e no escuro.
false - Desativado. Sem monstros.

Tsua configuração não tem efeito se dificuldade = 0 (pacífica). Se a dificuldade não for = 0, um monstro ainda pode surgir de um gerador.

Se o jogador tiver grande atraso, é recomendado desligar/definir como false.

spawn-npcs boolean true Determina se os aldeões podem gerar.
true - Ativado. Os aldeões geram.
false - Desativado. Sem aldeões.
spawn-protection integer 16 Determina o comprimento lateral da área quadrada de proteção de geração como 2x+1. Definir como 0 desativa a proteção de geração. Um valor de 1 protege um quadrado 3×3 centrado no ponto de desova. 2 protege 5×5, 3 protege 7×7, etc. Esta opção não é gerada na primeira inicialização do servidor e aparece quando o primeiro jogador entra. Se não houver ops definida no servidor, a proteção contra spawn também é desabilitada automaticamente.
text-filtering-config [mais informações necessárias] [mais informações necessárias] [mais informações necessárias]
use-native-transport boolean true Melhorias de desempenho do servidor Linux: envio/recebimento de pacotes otimizado no Linux
true - Ativado. Ativar otimização de envio/recebimento de pacotes no Linux
false - Desativado. Desative a otimização de envio/recebimento de pacotes no Linux
view-distance integer (3-32) 10 Define a quantidade de dados de mundo que o servidor envia ao cliente, medidos em pedaços em cada direção do jogador (raio, não diâmetro). Ele determina a distância de visualização do lado do servidor.

10 é o padrão/recomendado. Se o jogador tiver grande atraso, este valor é recomendado para ser reduzido.

white-list boolean false Ativa uma lista branca no servidor.

Com uma lista branca habilitada, os usuários que não estão na lista de permissão não podem se conectar. Destinado a servidores privados, como aqueles para amigos da vida real ou estranhos cuidadosamente selecionados por meio de um processo de inscrição, por exemplo.

false - Nenhuma lista branca é usada.
true - O arquivo whitelist.json é usado para gerar a lista branca.

Nota: Os operadores são colocadas na lista branca automaticamente e não há necessidade de adicioná-los à lista branca.

enforce-whitelist boolean false Impõe a lista de permissões no servidor.

Quando esta opção é ativada, os usuários que não estão presentes na lista branca (se estiver ativada) são expulsos do servidor depois que o servidor recarrega o arquivo da lista de permissão.

false - Nenhum usuário é expulso se não estiver na lista branca.
true - Usuários online que não estão na lista branca são chutados.

Edição Bedrock[editar | editar código-fonte]

Nome da opção Valores possíveis Valor padrão Quando é usado Uso Notas
server-name Qualquer string Dedicated Server Sempre Usado como o nome do servidor Este é o nome do servidor mostrado na lista de servidores do jogo.
gamemode survival, creative, adventure survival Sempre Define o modo de jogo para novos jogadores. Isso é aplicado no momento em que o jogador entra pela primeira vez no servidor. Alterar esta configuração não mudará o modo de jogo dos jogadores existentes.


Values correlate to the integer gamemodes as follows:

sobrevivência (0)

criativo (1)

aventura (2)

difficulty peaceful, easy, normal, hard easy Sempre Define a dificuldade do mundo. Os valores se correlacionam com os modos de jogo inteiros da seguinte maneira:

pacifico (0)

fácil (1)

normal (2)

difícil (3)

allow-cheats true, false false Sempre Se true, então trapaças como comandos podem ser usados.
max-players Positive integer 10 Sempre O número máximo de jogadores que podem jogar no servidor. Valores mais altos têm impacto no desempenho.
online-mode true, false true Sempre Se true, todos os jogadores conectados devem ser autenticados no Xbox Live.
white-list true, false false Sempre Se verdadeiro, todos os jogadores conectados devem ser listados no arquivo whitelist.json separado.
server-port Inteiros no intervalo [1, 65535] 19132 Sempre Em qual porta IPv4 o servidor deve escutar.
server-portv6 Inteiros no intervalo [1, 65535] 19133 Sempre
view-distance Qualquer inteiro 10 Sempre A distância de visualização máxima permitida em número de blocos. Valores mais altos têm impacto no desempenho.
tick-distance Um número inteiro no intervalo [4, 12] 4 Sempre O mundo está marcado a muitos pedaços de qualquer jogador. Valores mais altos têm impacto no desempenho.
player-idle-timeout Qualquer inteiro 30 Sempre Depois de um jogador ficar inativo por tantos minutos, ele é chutado. Depois de um jogador ficar inativo por tantos minutos, ele é chutado.
max-threads Qualquer inteiro 8 Sempre Número máximo de threads que o servidor tenta usar. Se definido como 0 ou removido, ele usará tantos quanto possível. Número máximo de threads que o servidor tenta usar.
level-name Qualquer string Bedrock level Sempre O valor "level-name" é usado como o nome mundial e o nome da pasta. O jogador também pode copiar a pasta do jogo salva aqui e alterar o nome para o mesmo da pasta para carregá-la. O nome do nível a ser usado/gerado. Cada nível tem sua própria pasta em /worlds.
level-seed Qualquer string Defaults to empty (th34f1ju34facjn5f871df312h) Criação de mundo Use para randomizar o mundo A semente a ser usada para randomizar o mundo. Se deixado em branco, uma semente é escolhida aleatoriamente.
level-type FLAT, LEGACY, DEFAULT DEFAULT Criação de mundo Determina o tipo de mapa gerado.
default-player-permission-level visitor, member, operator member Sempre Nível de permissão para novos jogadores ingressarem pela primeira vez. Nível de permissão que os novos jogadores têm quando entram pela primeira vez.
texturepack-required true, false false Sempre Força os clientes a usar pacotes de textura no mundo atual Se o mundo usa qualquer pacote de textura específico, esta configuração força o cliente a usá-lo.
content-log-file-enabled true, false false Sempre Permite registrar erros de conteúdo em um arquivo
compression-threshold Integers in the range [1, 65535] 1 Sempre Determina o menor tamanho da carga útil da rede bruta para compactar
server-authoritative-movement true, false true Sempre Ativa o movimento autoritativo do servidor. Se true, o servidor reproduzirá a entrada do usuário local no servidor e enviará correções quando a posição do cliente não corresponder à do servidor. As correções só acontecerão se o movimento correto do jogador estiver definido como true.
player-movement-score-threshold Qualquer número positivo 20 Sempre O número de intervalos de tempo incongruentes necessários antes que um comportamento anormal seja relatado. Desativado pelo movimento autoritativo do servidor.
player-movement-distance-threshold Qualquer número positivo 0.3 Sempre A diferença entre as posições do servidor e do cliente que precisa ser excedida antes que um comportamento anormal seja detectado. Desativado pelo movimento autoritativo do servidor.
player-movement-duration-threshold-in-ms Qualquer número inteiro positivo 500 Sempre A duração de tempo que as posições do servidor e do cliente podem ficar fora de sincronia (conforme definido pelo limite de distância do movimento do jogador) antes que a pontuação de movimento anormal seja incrementada. Este valor é definido em milissegundos. Desativado pelo movimento autoritativo do servidor.
correct-player-movement true, false false Sempre Se verdadeiro, a posição do cliente será corrigida para a posição do servidor se a pontuação do movimento exceder o limite.

Propriedades do servidor no Minecraft Classic[editar | editar código-fonte]

Key Tipo Valor padrão Descrição
verify-names boolean true Se ativado, o servidor garante que o cliente esteja conectado com o mesmo endereço IP visto no Minecraft.net. Isso causou problemas para pessoas que tentam jogar no mesmo computador em que estão hospedando o servidor, pois o servidor vê o IP local (127.0.0.1), enquanto o Minecraft.net vê o IP externo. Recomenda-se que isso seja habilitado, a menos que o jogador queira jogar no servidor do jogador do mesmo computador em que o jogador está hospedando.
true - Ativado. O servidor verifica todos os nomes com Minecraft.net
false - Desativado. O servidor verifica se o IP corresponde
admin-slot boolean false Permita que ops entrem mesmo se o servidor estiver cheio
public boolean Se o servidor deve ser exibido na lista de servidores ou não.
true - O servidor aparece na lista de servidores - qualquer pessoa pode vê-lo.
false - Somente pessoas com a URL que pode ser encontrada em externalurl.txt e pessoas que conhecem o IP e a porta podem entrar no servidor
server-name string O nome do servidor. Isso é exibido na lista de servidores e quando alguém está entrando no servidor
  • Uma única linha de texto. Caracteres como '(apóstrofo) podem precisar de escape adicionando uma barra invertida antes deles.
max-players integer (0-256) O número máximo de jogadores que podem jogar no servidor ao mesmo tempo. Observe que se houver mais jogadores no servidor, ele usará mais recursos. Observe também que as conexões de administrador não são contadas contra o máximo de jogadores.
max-connections integer (1-3) O número máximo de conexões que o servidor aceita do mesmo IP.

Nota: Se for definido como superior a 3, é alterado de volta para 3.

motd string MOTD é a abreviatura de Mensagem do dia, embora o jogador não precise alterá-lo todos os dias. O MOTD é exibido quando as pessoas ingressam no servidor.
grow-trees boolean Se o servidor permite ou não que mudas plantadas se transformem em árvores.
true - o servidor permite que as mudas se transformem em árvores.
false - o servidor não permite que mudas se transformem em árvores.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Edição Java Classic
server 1.5 Adicionado max-connections, que limita as conexões máximas de um IP.
server 1.9.1 Adicionado grow-tree, que não crescerá árvores a menos que seja definido como true.
server 1.10 Adicionado um aviso quando verify-names foi desativado.
Adicionado admin-slot, o que não permitirá a entrada de não administradores se a contagem de jogadores estiver quase atingida.
Edição Java Alpha
server 0.2.0 Adicionado a opção monsters, se definido como true, habilitará monstros.
server 0.2.4 Adicionado a opção no-animals, se definido como true, desativará os animais.
server 0.2.5 Adicionado a opção pvp para desativar ou ativar o combate Jogador contra Jogador (PVP).
Renomeado monsters para spawn-monsters e definir o padrão como default
Renomeado no-animals para spawn-animals.
Edição Java Beta
1.6 Adicionado allow-nether que se definido como false nega a entrada para o nether.
Adicionado view-distance que define a distância máxima de visualização.
Edição Java
1.0.0 Beta 1.9 Prerelease 4 Adicionado debug, enable-query, enable-rcon, query.port, rcon.password e rcon.port.
1.1 11w49a Adicionado spawn-npcs.
12w01a Adicionado level-type.
release Adicionado generate-structures.
1.2.1 12w07a Adicionado max-build-height.
1.7.2 13w38a Adicionado a opção para desativar os anúncios de conquistas no bate-papo.
1.8 14w17a Adicionado generator-settings.
14w28a Adicionada opção para personalizar a compactação de rede.
1.12 17w18a Opção removida announce-player-achievementscomo foi substituído pelo gamerule announceAdvancements.
1.14 18w48a Configurações de difficulty e gamemode agora aceita nomes de string; valores inteiros ainda são permitidos como opção legada.
1.14.4 Pre-Release 4 Adicionado a opção function-permission-levelque controla o nível de permissão de funções.
1.15 Pre-Release 5 Aumento do limite de tamanho do recurso de servidor para 100 MB.
1.16 20w14a Adicionado a opção sync-chunk-writes para desativar a nova gravação de pedaço síncrono.
20w16a Adicionado a opção enable-jmx-monitoring que expõe um MBean que expõe os tempos de tique em milissegundos.
20w18a Adicionado as opções de enable-status e entity-broadcast-range-percentage.
1.16.2 20w28a Adicionado rate-limit para definir o limite de taxa de pacote para um usuário.
Em breve na Edição Java
1.17 20w45a Adicionado require-resource-pack que força os usuários a aceitar o pacote de recursos.
Edição Bedrock
1.6.1 Lançamento inicial de Servidor dedicado da Edição Bedrock.
As opções atuais incluem server-name, gamemode, difficulty, allow-cheats, max-players, online-mode, white-list, server-port, server-port-v6, view-distance, tick-distance, player-idle-timeout, max-threads, level-name, level-seed, default-player-permission, texturepack-required.
1.7.0 Renomeado default-player-permission para default-player-permission-level.
1.12.0.28 Adicionado content-log-file-enabled que permite registrar erros de conteúdo em um arquivo.
1.13.0 Adicionado compression-threshold, server-authoritative-movement, player-movement-score-threshold, player-movement-distance-threshold, player-movement-duration-threshold-in-ms, correct-player-movement.